Related »

Ambientebrasil – Usuários de aeroportos podem ser aliados no combate ao tráfico

on maio 23 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

Os usuários dos aeroportos brasileiros estão recebendo informações para se tornarem aliados dos órgãos ambientalistas no trabalho de combate ao tráfico de animais. Lançado em 2003, o Programa Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres nos Aeroportos Brasileiros vem obtendo a adesão cada vez maior no país.

A mais recente ocorreu no Pará, onde, na última terça-feira (18), houve o lançamento do programa no Aeroporto Internacional de Belém, o terceiro a se integrar ao projeto.

Os responsáveis por este trabalho são a Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas), uma organização sem fins lucrativos, e a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero).

Nos aeroportos ligados ao programa, a Renctas e a Infraero promovem uma exposição itinerante sobre este tipo de tráfico, mostrando fotos, banners de mapas das principais rotas, vídeo educativo e coleção de peles e partes de animais apreendidos nas fiscalizações.

Este trabalho vem se somar aos esforços do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para conscientizar as pessoas sobre os danos causados ao meio ambiente pelo tráfico de animais. Em 2003, apenas na região metropolitana de Curitiba, o Ibama, em parceria com outros órgãos, apreendeu cerca de quatro mil animais.

No Paraná, os aeroportos de Curitiba (Afonso Pena e Bacacheri), de Londrina e de Foz do Iguaçu são administrados pela Infraero. Outras informações pelo telefone (61) 368-8970 – Renctas. O e-mail é renctas@renctas.org.br.(ascom  IBAMA/PR)

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top