Related »

AMDA – Núcleo de Meio Ambiente da Polícia Federal do Rio de Janeiro apreende artesanato confeccionado com espécies silvestres brasileiras

on outubro 24 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

Na tarde de hoje, 23.10.02, Agentes de Polícia do Núcleo de Meio Ambiente da Polícia Federal do Rio de Janeiro, coordenado pelo DPF Ricardo Bechara, em operação realizada no Largo da Carioca, Centro, Rio de Janeiro, lograram prender os nacionais MARCOS DE ALMEIDA MONIZ SODRÉ, 44 anos, CÉLIO ROSA, 42 anos, e ELIAS NASCIMENTO ROSA, 37 anos, que estavam comercializando quadros de borboletas e outros produtos variados confeccionados com asas de borboletas, considerados produtos ou objetos da fauna silvestre brasileira, sem a devida autorização do orgão competente, IBAMA, sem procedência legal e sem nota fiscal para acompanhar o produto, o que configura crime, de acordo com o art, 29, § 1º,III, da lei 9.605/98.

O Rio de Janeiro é considerado um forte ponto de venda de produtos oriundos da fauna silvestre brasileira, e segundo o 1º relátorio da RENCTAS – Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, o mercado de borboletas e seus produtos movimentam cerca de U$ 100 milhões por ano.

No total, foram apreendidos:

93 quadros de borboletas
08 porta chaveiros, 24 estojos, 03 canetas e cinzeiros, confeccionados de peixes, escorpião e borboletas

No total, contabilizaram-se 132 borboletas, 03 escorpiãos, 02 peixes.
Os quadros eram comercializados entre R$ 10,00 e R$ 35,00 cada.
Fonte: RENCTAS

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top