Related »

Animais precisam de liberdade

on setembro 19 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Muitos animais são encontrados extremamente debilitados, doentes, com asas cortadas, bicos ou dentes quebrados

Muitos animais são encontrados extremamente debilitados, doentes, com asas cortadas, bicos ou dentes quebrados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CPRH reabilita milhares de animais silvestres por ano. Sábado, um novo centro será inaugurado

Diariamente, animais silvestres de várias espécies são retirados de seus ambientes naturais, mutilados para parecerem mais calmos, amontoados em depósitos sem a menor adequação de condicionamento e levados a feiras regionais ou ao exterior, onde são vendidos. Vivem, a partir dali, presos. A maioria, em espaços minúsculos. Muitos não resistem. No Brasil, o tráfico de animais silvestres representa o terceiro maior mercado ilegal, perdendo apenas para o tráfico de armas e de drogas.

Para sensibilizar a sociedade acerca da importância da preservação, a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) promove a “Semana da Fauna” deste domingo até o próximo sábado, quando inaugura um grande centro de reabilitação para animais vítimas de maus-tratos no Recife.

“Nossa cultura não entende que manter um animal preso em uma gaiola faz mal para o bicho. Imagine aves que, na natureza, voam 30km por dia, mas vivem a vida em cima de um poleiro, sem espaço nem para bater as asas”, analisa o biólogo da CPRH, Yuri Villaça.

O tamanduá de coleira é um dos animais que estão sendo reabilitados. Foi encontrado ainda com o cordão umbilical

O tamanduá de coleira é um dos animais que estão sendo reabilitados. Foi encontrado ainda com o cordão umbilical

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Uma lei de 1997 proíbe a co­mercialização de animais silvestres que não são de criadouros legalizados. Nós os resgatamos e os devolvemos à natureza. Pernambuco é rota de fuga para o exterior. Em nossas fiscalizações de rotina, encontramos muitos que iriam para o comércio ilegal”, afirmou. Segundo Villaça, 85% dos animais são resgatados do tráfico, 10% são os que sofrem acidentes no perímetro urbano e apenas 5% chegam das mãos de pessoas que os entregam voluntariamente.

Muitos animais são encontrados extremamente debilitados, doentes, com asas cortadas, bicos ou dentes quebrados. Para reabilitá-los, a CPRH inaugura no próximo sábado o primeiro Centro de Triagem de Animais do Nordeste, com 2,6 hectares.

“Em 2015, foram sete mil animais atendidos. Para este ano, e com a inauguração formal deste espaço, devemos cuidar de nove mil animais e devolvê-los à natureza”, previu a diretora-presidente da CPRH, Simone Souza.O espaço foi construído e equipado com R$ 1 milhão. O Governo de Estado investe anualmente R$ 3 milhões para cuidar dos animais e conta com 12 profissionais de reabilitação.

Na próxima terça-feira, entre 50 e 60 pássaros serão devolvidos na Região Metropolitana do Recife. O local de soltura não é revelado para evitar a ação de traficantes. Para denunciar o tráfico ou a posse ilegal de animais silvestres, é necessário ligar para a CPRH através do telefone 3182.8816.

Protesto
Na manhã deste domingo (18), paixonados pelos pets se encontrarão no Segundo Jardim, da avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, para um protesto que reivindicará o aumento de penas para crimes cometidos contra animais, como maus-tratos, cruel­­­­dade, abandono. No Domingo na Arena, a CPRH lança a campanha Animal não é brinquedo e o livro O Time, que orienta as crianças a não criar animais silvestres.

Fonte: http://www.folhape.com.br/cotidiano/2016/9/animais-precisam-de-liberdade-0314.html

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top