Related »

Após 12 anos, Zoológico de Bauru volta a registrar nascimento de lobo-guará

on julho 25 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Os dois filhotes de lobo-guará nasceram no início do mês e devem ficar por um ano no Zoo de Bauru (Foto: Divulgação / Zoo-Bauru)

Os dois filhotes de lobo-guará nasceram no início do mês e devem ficar por um ano no Zoo de Bauru (Foto: Divulgação / Zoo-Bauru)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Casal da espécie típica do cerrado gera dois filhotes, fato que não ocorria na cidade desde 2005. Maior canídeo sul-americano segue ameaçado de extinção e situação piora com casos de atropelamentos.

O Zoológico de Bauru anunciou nesta segunda-feira (24) o nascimento de dois filhotes de lobo-guará, espécie típica do cerrado e que se encontra ameaçada de extinção. O fato não é inédito no zoo bauruense, mas volta a ser registrado após mais de 12 anos – no período entre 1984 e 2005, nasceram no local 17 lobinhos da espécie.

Os mais novos moradores do Zoo de Bauru nasceram no início desse mês e estão sob cuidados da mãe, uma loba que chegou há menos de três anos vinda do Zoológico de Salvador (BA,) e também do pai, um espécime vindo do Criadouro de Araxá (MG). Eles têm cerca de 4 anos e seguem em idade reprodutiva até os 8 anos. Na natureza, o lobo-guará, o maior canídeo sul-americano, vive em média de 10 a 12 anos.

Filhotes de lobo-guará nascem no zoológico de Bauru

Filhotes de lobo-guará nascem no zoológico de Bauru

Para garantir a tranquilidade da família neste período crítico, o alojamento da espécie teve interditada a área destinada à contemplação do público. De acordo com Luiz Pires, diretor do Zoo, os próprios animais devem manter-se reclusos por uns 15 dias antes de começarem a “se exibir” em áreas visíveis do recinto, que simula a vegetação de seu habitat.

Os dois novos lobinhos devem ficar com os pais por cerca de um ano para, em seguida, serem encaminhados a outros zoológicos. Segundo Luiz Pires, a medida permite a “troca de sangue”, método que no trabalho de reprodução em cativeiro evita cruzamentos entre irmãos e fortalece a espécie

Perigo nas rodovias

A boa notícia do nascimento dos filhotes foi anunciada pouco mais de duas semanas após a equipe do zoo bauruense sofrer com a morte de um lobo-guará resgatado após ser atropelado em uma rodovia da região. O animal chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu.

 O lobo-guará encontrado atropelado em rodovia da região não resistiu e morreu:

O lobo-guará encontrado atropelado em rodovia da região não resistiu e morreu: “situação preocupante” (Foto: Luiz Pires / Zoológico de Bauru)

Luiz Pires explica que, apesar dos esforços para reprodução em cativeiro, a situação da espécie como ameaçada de extinção segue piorando, e que os casos de atropelamentos em rodovias é um fator novo que contribui para isso. Além do animal que não resistiu ao tratamento, um outro morreu atropelado em rodovia no último sábado (22), próximo a Bocaina. No

“Neste final de semana, mais um lobo-guará perdeu a vida, também atropelado em nossa região. Agora estamos aqui para dar essa notícia muito legal, em um momento que a fauna brasileira sofre tanto com os atropelamentos. Torna-se cada vez mais importante a reprodução das espécies sob cuidados humanos e o Zoo de Bauru está dando a sua contribuição”, afirma Pires.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/apos-12-anos-zoologico-de-bauru-volta-a-registrar-nascimento-de-lobo-guara.ghtml

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top