Related »

Após árvore com ninho cair, filhotes de arara ganham nova ‘casa’ em Campo Grande, MS

on outubro 18 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Resgate ocorreu na noite desta sexta-feira (17), em Campo Grande.
Neste sábado (18), aves ganharam um ninho artificial.

18/10/2014 13h30
Do G1 – MS com informações da TV Morena

Filhotes de araras foram resgatados após queda de árvore em Campo Grande. Foto: Reprodução/TV Morena

Filhotes de araras foram resgatados após queda de árvore em Campo Grande.
Foto: Reprodução/TV Morena

Após a palmeira onde estava o seu ninho cair, em razão do temporal desta sexta-feira (17), em Campo Grande, dois filhotes de arara-canindé, foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros. Depois, eles foram levados para a sede do projeto Arara Azul.

Neste sábado (18), voluntários do projeto foram até o local onde estava a palmeira e instalaram em uma outra árvore, um pinheiro, um ninho artificial. O trabalho foi atentamente acompanhado à distância, pelos pais dos filhotes.

Segundo os bombeiros, o ninho original das aves ficava na parte mais alta da palmeira que caiu. Como a base da árvore estava podre não resistiu aos ventos de cerca de 69 quilômetros por hora, que atingiram a capital sul-mato-grossense nesta sexta-feira.

Para salvar os filhotes, os bombeiros tiveram que serrar a palmeira. As aves, que têm 17 e 20 dias de vida, estavam em uma parte oca, dentro da árvore.

A coordenadora do Arara Azul, Neiva Guedes, espera os pais não abandonem os filhotes. “A sorte é que não chegou a afetar os filhotes. Vamos colocá-los no ninho artificial e tentar encontrar um local para que os pais não abandonem os filhotes e voltem a alimentá-los”, explica.

A dona da casa onde ficava o ninho antigo e onde foi instalada a estrutura artificial espera que as “vizinhas” possam agora terminar de criar a ninhada. “Talvez no ano que vem elas não venham botar ovos nessa casa e procurem ninhos em um outro local, então, para mim é importante, fico feliz porque elas vão terminar de criar essa ninhada”, diz.

A bióloga Larissa Barbosa diz que as araras encontrarão os filhotes pelos sons que emitem. “Eles emitem um barulhinho que vão atrair os pais para dentro da caixa e assim eles conseguem se adaptar”, afirma.

O projeto monitora 56 ninhos de araras em Campo Grande. São cerca de 400 araras sob responsabilidade dos voluntários e biólogos.

ASSISTA ao vídeo.

CLIQUE AQUI para notícia original.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top