Related »

Blitz da Biodiversidade abordou 197 motoristas no Alto da Boa Vista

on dezembro 1 | em Fauna na Mídia | by | with No Comments

Objetivo é conscientizar os motoristas sobre o atropelamento de animais. Ação resultou na abordagem de 197 veículos pela equipe da Sema.

81 pessoas afirmaram já ter visto ao menos um animal silvestre atropelado (Foto: Emerson Ferraz)

81 pessoas afirmaram já ter visto ao menos um animal silvestre atropelado (Foto: Emerson Ferraz)

Com o objetivo de conscientizar os motoristas sobre o problema do atropelamento de animais silvestres, a Prefeitura de Sorocaba realizou nesta segunda-feira (dia 30), das 14h às 16h30, mais uma Blitz da Biodiversidade na Avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, no Alto da Boa Vista. A ação resultou na abordagem de 197 veículos pela equipe da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), o que totalizou na sensibilização de um total de 284 pessoas. Destas, 81 afirmaram já ter visto ao menos um animal silvestre atropelado.

A ação educativa foi realizada por funcionários do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” e do Parque Natural Municipal Corredores de Biodiversidade “Marco Flávio da Costa Chaves”, que utilizaram placas, adesivos e materiais informativos para chamar a atenção dos motoristas que passaram pela via. A blitz ainda contou com apoio dos agentes de trânsito da Urbes – Trânsito e Transportes.

Durante a blitz educativa a equipe da Sema divulgou o Sistema Urubu, um aplicativo de celular gratuito que auxilia no levantamento de animais atropelados em todo território nacional, para fins de pesquisa e execução de ações preventivas em relação a este problema.

Durante a blitz educativa, a equipe da Sema divulgou o Sistema Urubu (Foto: Emerson Ferraz)

  Durante a blitz educativa, a equipe da Sema
divulgou o Sistema Urubu (Foto: Emerson Ferraz)

Seu uso é muito simples: encontrando um animal atropelado, a pessoa tira uma foto usando o aplicativo. O local da foto e a data são marcados automaticamente e a imagem é enviada para o Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE). Os profissionais do CBEE, por sua vez, juntam todos os dados enviados para fazerem a análise dos pontos mais vulneráveis e, então, proporem mudanças para reduzir os atropelamentos.

O técnico de enfermagem Grégori Vieira foi um dos motoristas a participar da Blitz da Biodiversidade e ganhar um adesivo em seu carro. “Achei extremamente interessante este aplicativo, principalmente para a questão do controle deste tipo de acidente”, destacou o munícipe. Ele afirmou já ter visto uma cobra atropelada em estrada.

Dados
Segundo estimativa do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, mais de quinze animais morrem a cada segundo nas estradas brasileiras e muitos deles são de espécies ameaçadas de extinção. Esse número totaliza cerca de 475 milhões de animais mortos por ano.

Sorocaba também sofre com o problema de animais silvestres atropelados, principalmente em sua área rural e em áreas periféricas da cidade onde ainda se encontram fragmentos de vegetação. Uma dessas áreas é o entorno do Parque da Biodiversidade, um dos locais onde já foi realizada a blitz.

De acordo com informações da Sema, as espécies de animais silvestres mais atropelados e que também vivem em Sorocaba são: o gambá-de-orelha-branca (Didelphis albiventris), cachorro-do-mato (Cerdocyon thous), ratão-do-banhado (Myocastor coypus), capivara (Hydrochaeris hydrochaeris) e uma espécie de lagarto chamado teiú (Tupinambis merianae).

No dia 15 de novembro de 2014 foi realizado o Dia Nacional de Urubuzar, uma das maiores campanhas de conservação da vida silvestre realizada no Brasil. A Prefeitura de Sorocaba também se engajou ao movimento e promoveu ações no Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” para divulgar o Sistema Urubu. A iniciativa da campanha é da Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB), do Parque das Aves em Foz do Iguaçu e do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE).

De acordo com a Sema, a ação foi um grande sucesso em todo o Brasil. Porém, para minimizar o problema do atropelamento da fauna silvestre é necessário realizar ações de longo prazo para gerar resultados concretos e a Blitz da Biodiversidade é uma delas.

Blitz contou com apoio dos agentes da Urbes – Trânsito e Transportes (Foto: Emerson Ferraz)

Blitz contou com apoio dos agentes da Urbes – Trânsito e Transportes (Foto: Emerson Ferraz)

 

http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/especial-publicitario/prefeitura-de-sorocaba/sorocaba-em-noticias/noticia/2015/12/blitz-da-biodiversidade-abordou-197-motoristas-no-alto-da-boa-vista.html

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top