Related »

Diário de São Paulo – Tráfico de animais rende US$ 1 bilhão

on novembro 17 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

DIMAS MARQUES

FISCAIS do Ibama apreendem aves silvestres durante blitz

Valor corresponde ao total que é movimentado por ano no País pelo comércio clandestino de espécies silvestres
Cananéia, Angatuba e Santa Rita do Passa Quatro são os municípios que mais se destacaram pelo tráfico de animais silvestres em São Paulo. Eles fazem parte de um comércio clandestino que, no Brasil, movimenta um bilhão de dólares por ano e retira 38 milhões de animais de seu habitat. Os dados estão no 1º Relatório Nacional sobre Tráfico de Fauna Silvestre, entregue esta semana ao ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho.

O relatório foi elaborado pela Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas). “Este é o primeiro documento do País com dados sobre o assunto. É um raio-x que pode servir de base para o desenvolvimento de ações contra esse tipo de crime”, afirmou a bióloga Flávia Murad, que coordenou o trabalho.

Apesar da coleta de animais também ocorrer em São Paulo, o estado é um dos principais pólos do comércio interno do País. O “consumo” ocorre principalmente na Capital e na Região Metropolitana. “Colecionadores e pet shops estão entre os grandes clientes dos traficantes”, explicou Flávia.

A utilização dos portos e aeroportos do estado para exportar exemplares da fauna brasileira está entre as denúncias do relatório. Além dos animais silvestres usados como ornamento (os Estados Unidos são os principais importadores nesse mercado), há as espécies procuradas para pesquisas de indústrias químicas e farmacêuticas. Instituições da Suíça, Alemanha e EUA estão entre as grandes incentivadoras da biopirataria. Insetos, sapos e répteis são os principais alvos.

De acordo com o coordenador da Renctas, Dener Giovanini, 60% dos animais silvestres são comercializados no mercado nacional. O restante segue para o exterior. “Para cada exemplar comercializado, nove morrem”, salientou Flávia.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top