Related »

ECO 21 – O Bicho Dá. O Bicho Toma

on maio 18 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

Beatriz Thielmann

Jornalista e cineasta

Dois anos – um só de gravações no Amazonas, Pará, Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro – resultaram em centenas de horas de depoimentos e imagens surpreendentes do comércio da fauna brasileira. Mostrar a realidade do tráfico de animais através do foco no ser humano foi um grande desafio para a equipe de produção do documentário “O Bicho Dá. O Bicho Toma”.

Nunca a natureza se mostrou tão vulnerável diante do Homem. Não há respeito diante dos moradores de nossas matas, rios e mares. O tráfico de animais silvestres movimenta de 10 a 20 bilhões de dólares em todo o mundo e cabe ao Brasil uma boa parte deste montante. Do total mundial a participação brasileira pode chegar a 15%. É a terceira atividade ilícita do mundo, depois do tráfico de armas e drogas. São números que assustam no presente e comprometem o futuro.
A remessa ilegal para o exterior de nossa riqueza natural é tradição entre nós desde o descobrimento do Brasil. O exotismo de nossas aves, a beleza de nossos animais e a riqueza científica de nossa fauna sempre provocou a cobiça estrangeira através dos olhares portugueses, holandeses ou espanhóis, do Velho ou do Novo Continente. Só recentemente os alertas e os cuidados com a preservação da natureza brasileira chegaram às conferências, seminários, comissões parlamentares de inquérito, legisladores e juristas. Diante do temor com o que podemos sofrer com a degradação do meio ambiente, muito está se fazendo, mas há ainda um longo caminho a percorrer. Nossas leis parecem não chegar a todos os cantos deste País. Os criminosos perambulam soltos por nossas entranhas verdes como se delas fossem absolutos proprietários.
“O Bicho Dá. O Bicho Toma”, filme documentário rodado no Amazonas, no Pará, em Pernambuco, na Bahia, em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, revela os (des)caminhos que foram e estão sendo traçados para a fauna silvestre brasileira. É o toma lá dá cá de interesses escusos, descasos, ausência de recursos e de atenção de quem deveria fiscalizar e coibir o comércio ilegal.
O documentário desnuda a história das tradições do uso de animais silvestres na cultura, nas poções medicinais, nas crendices, na alimentação de povos da floresta e, sobretudo, no comércio ilegal. As lentes mostram pela primeira vez o rosto de traficantes desconhecidos e suas desconcertantes confissões. Mostram também a rota de exportação e os compradores. Não queríamos mostrar operações policiais ou apreensão de animais, a nossa motivação era entender o pensamento dos protagonistas dessa história.
“O Bicho Dá. O Bicho Toma” não é um filme de denúncia. É a fotografia desfocada e sem reagente da história de um país chamado Brasil.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top