Related »

Campo Grande News – MS é grande fornecedor de animais silvestres, diz Renctas

on October 25 | in FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

Sexta-feira, 25 de Outubro de 2002 14:55

Adriano Furtado

O Mato Grosso do Sul é um dos principais abastecedores do mercado de animais silvestres. O relatório é da ONG Renctas (Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres). Daqui, os animais são escoados para a Região Sudeste (Rio de Janeiro e São Paulo) e Sul (Paraná e Rio Grande do Sul), utilizando-se as rodovias federais e as rotas aéreas, onde são vendidos em feiras livres ou exportados através dos principais portos ou aeroportos.

Segundo o jornalista brasileiro Eduardo Bueno, durante os trinta primeiros anos após o descobrimento do Brasil, as naus portuguesas que deixavam o país, costumavam levar em seus porões aproximadamente três mil peles de onças (Panthera onca) e 600 papagaios (Amazona sp.) em média. Ao serem desembarcadas na Europa, essas “mercadorias” estariam logo enfeitando vestidos e palácios do velho mundo.

Usar chapéus ornados com penas coloridas de aves tropicais era considerado de muito bom gosto, e quase sempre era um luxo reservado apenas às classes mais abastadas. Segundo dados do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), cerca de cem espécies desaparecem todos os dias da face do planeta, sendo o comércio ilegal de animais silvestres uma das principais causas dessa tragédia.

Apenas no mês de outubro deste ano, o CRAS (Centro de Recuperação de Animais Silvestres) recebeu 50 filhotes de papagaios que foram apreendidos pela polícia em função do tráfico de animais. Nenhuma apreensão ocorreu nos outros meses do ano. No ano passado, foram 275 filhotes.

Pin It

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

« »

Scroll to top