Related »

No RJ casal corre e salva filhotes de tartaruga que erraram caminho do mar

on January 8 | in Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with 1 Comment

Animais agonizavam no asfalto na orla de São João da Barra, no RJ.
Vários já estavam mortos quando foram avistados pelos veranistas.

08/01/2016 – 18h46
Stella Freitas, do G1 – Norte Fluminense

 

Várias tartarugas foram encontradas mortas no asfalto. Foto: Laura Aguiar/ Arquivo Pessoal

Várias tartarugas foram encontradas mortas no asfalto.
Foto: Laura Aguiar/ Arquivo Pessoal

 

Um casal de veranistas salvou sete filhotes de tartaruga-marinha na manhã desta sexta-feira (8), que erraram o caminho do mar e foram parar no asfalto, na praia de Atafona, em São João da Barra, no Norte Fluminense. Segundo o casal, eles estavam correndo na orla quando viram os animais agonizando, por volta das 6h, e muitos já mortos.

Segundo Laura Aguiar, funcionária pública, algumas aparentavam ter sido esmagadas por veículos.

“Elas estavam no asfalto, numa faixa bem distante da areia, elas andaram muito. Vimos uma viva e voltamos para o mar para levá-la e quando voltamos vimos as outras. Nós fomos ao mar cinco vezes e atravessamos cinco pontos diferentes do mar”, contou Laura.

Segundo os veranistas, os ninhos estavam sem tela de proteção, o que pode ter falicitado para que os filhotes seguissem o caminho contrário do mar.

“É um absurdo que eles não coloquem rede de proteção. Tinha bastante tartaruga morta no asfalto”, reclamou.

De acordo com o Projeto Tamar, os ninhos foram remanejados para uma nova área que foi analisada como mais segura, com menor intensidade de luz e trânsito de pessoas. No entanto, o projeto não informou à produção da Inter TV o motivo da retirada das telas de proteção.

O Projeto Tamar atua na região desde 1992 com o patrocínio oficial da Petrobrás. Desde da implantação do Porto do Açu, o Tamar conta com o apoio da equipe, formada pelas condicionantes ambientais exigentes pela legislação, para os monitoramentos em São João da Barra e em Farol de São Tomé.

Em nota, a Prefeitura de São João da Barra afirmou que tem um projeto de diminuição da iluminação da orla da praia, que já está em licitação e deve começar após o Carnaval. O órgão disse ainda que vários fatores podem ter levado as tartarugas a morrerem atropeladas, como: o ninho não ter sido localizado pela empresa responsável, ou as tartarugas nasceram antes do previsto, ou por conta da iluminação das casas e também por causa da posição da lua que pode ter iluminado o asfalto.

“Não se pode ter uma certeza do que fez com que as tartarugas fossem em direção ao asfalto. O mais provavel é que o monitoramento da empresa responsável pelo Porto do Açú e pelo Projeto Tamar, que é responsável por fiscalizar, tenha falhado”.

A reportagem do G1 tentou contato com os órgãos responsáveis pelo monitoramento, mas as ligações não foram atendidas.

 

CLIQUE AQUI  para assistir o vídeo.

CLIQUE AQUI  para notícia original.

Pin It

Related Posts

One Response to No RJ casal corre e salva filhotes de tartaruga que erraram caminho do mar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

« »

FACEBOOK

SPONSORED BY

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top