Renctas
Idioma - Language
Busca
OK
Ajuda aos navegantes
Each section visited will leave an indication. To go back to any section just click on this indication below
Quem somos
Quem somos
RENCTAS
Institutional Projects an actions Wildlife traffic Get informed Be Renctas About us What we do How we work Who support us Awards and acknowledgements Financial reports Contact Ongoing projects Already developed projects Renctas report IPC report Enviromental legislation Newsletter Traffic news Renctas in the media Article of the month FAQ(frequently asked questions) Make your report Friends of the fauna Guardians of the fauna Join us
Home | Get informed | Traffic news | News
>Get informed
Traffic news
Fiscais do IBAMA apreendem 49 jabutis no porto de Sena Madureira
Data: 09/02/2010 - Portal Alto Acre - AC

Essa foi a segunda apreensão de animais silvestres realizada esse ano no Rio Caeté. 
   
Ednaldo Gomes, da Agência ContilNet

 
 
 
Os animais foram apreendidos no porto do "Zé Pato"/Fot Sena Online
 
Os animais foram apreendidos no porto do "Zé Pato".
Foto: Sena Online

 
 
Uma operação conjunta realizada por fiscais do IBAMA, ICMbio (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade) e Polícia Civil culminou na apreensão de 49 jabutis em Sena Madureira.
 
 
O flagrante aconteceu no último final de semana nas proximidades do conhecido porto do "Zé Pato", onde se encontrava um barco ancorado comportando os animais silvestres.

Os fiscais receberam uma denúncia anônima dando conta de que três caçadores teriam descido do alto Rio Caeté com destino a Sena Madureira com a intenção de comercializar os Jabutis. No momento da apreensão, os três se encontravam no barco, mas apenas um assumiu ser o proprietário da carga.

Aos fiscais, foi revelado pelos caçadores que os jabutis foram capturados realmente no Rio Caeté e que seriam vendidos no município.

Apesar da confissão, o trio foi encaminhado a Unidade de Segurança Pública de Sena. Eles serão autuados por crime ambiental e irão responder a um processo criminal. Além disso, receberam multa de 500 reais por cada animal apreendido. Como foram 49, os envolvidos terão que desembolsar em torno de 24.500 mil reais.

Segundo o representante do Ibama em Sena Madureira, Edjalvas Carvalho, o combate a caça predatória na região vai continuar.

"A fiscalização está sendo feita constantemente, não só no rio caeté como também no Purus, Iaco e Macauã. É válido mencionar que além da multa altíssima, quem pratica esse crime poderá parar inclusive na penal, por isso, fica o alerta," adverte.

Essa foi a segunda apreensão de animais silvestres realizada esse ano no Rio Caeté. Em Janeiro, a fiscalização apreendeu 15 quilos de "carne de caça", sendo de um queixada e duas guaribas.
 
 
 
 
 
 
 

 
Choose another New:
Get informed
Newsletter  |  Traffic news  |  Renctas in the media  |  Article of the month
FAQ(frequently asked questions)  |  Make your report