Related »

Periodicos.com.ar – Animais silvestres ganham proteção

on July 8 | in FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

(08.07.05) A Secretaria Estadual do Meio Ambiente em parceria com Rede Nacional de Tráfico de Animais Silvestres (Renctas) lançou no último dia 7 em Goiânia a 1ª Campanha Itinerante de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres. Segundo Aldo Arantes, Secretário do Meio Ambiente de Goiás a campanha tem o objetivo de contribuir para a conscientização e preservação da fauna silvestre no Estado. A iniciativa visa adotar, também, medidas no sentido de reduzir e impedir ao máximo o comércio ilegal e, criminoso de animais.

De janeiro a junho deste ano, foram apreendidos em Goiás mais de 1,7 mil aves e animais silvestres e quase 5 mil quilos de pescado. Os dados são do Batalhão Florestal da PM e foram apresentados na quinta-feira passada dia 7, pelo secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Aldo Arantes, durante o lançamento da 1ª Campanha Itinerante de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, no Terminal Rodoviário de Goiânia. A campanha é uma parceria com a Rede Nacional de Tráfico de Animais Silvestres (Renctas) e conta com uma exposição fotográfica sobre o assunto.

Segundo Aldo Arantes, a campanha tem o objetivo de contribuir para a conscientização e preservação da fauna silvestre no Estado. “A iniciativa visa adotar, também, medidas no sentido de reduzir e impedir ao máximo esse tipo de comércio ilegal e, portanto, criminoso”, esclarece o secretário. Para ele, no Brasil e em Goiás esse tipo de tráfico se faz com grande incidência, o que é considerado muito grave.

TRÁFICO

De acordo com os dados citados pelo secretário de Meio Ambiente, o tráfico de animais silvestres só perde para o tráfico de armas e de drogas. O dinheiro envolvido por ano nessa transação ilegal, pelos seus cálculos, varia de 10 bilhões a 20 bilhões de dólares. Nesse processo, o Brasil tem uma participação de 10% e Goiás contribui com um percentual significativo, sustenta ele.

A campanha será realizada prioritariamente em Goiânia, na Estação Rodoviária, no aeroporto, na Feira do Cerrado e nas cidades do interior onde há maior incidência de captura de animais silvestres e pontos de venda. A Semarh vai distribuir 400 kits didáticos nas escolas da rede estadual de ensino também, para que os professores atuem como multiplicadores junto aos alunos no processo de conscientização e preservação da fauna goiana.

Cada kit contém um cartaz, um folder e uma fita de vídeo produzidos pela Renctas. As escolas interessadas podem entrar em contato com a Semarh pelos telefones: (62) 201-5156 e 299-3276 A campanha vai ainda comemorar a criação da lei que institui o Dia Estadual de Repressão ao Tráfico de Animais Silvestres (1º de dezembro).

Pin It

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

« »

Scroll to top