Related »

Portal Globo.com – G1 – Gripe aviária: Canadá confirma 1º caso de morte por infecção com H5N1

on January 9 | in Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Agencia Estado  com Dow Jones Newswires

Ottawa, 09 – Um canadense morreu por causa de infecção com o vírus H5N1 da gripe aviária, disseram autoridades do país, na primeira morte na América do Norte em virtude da doença.
O morador de Alberta adoeceu em um voo de regresso da China ao Canadá e morreu em 3 de janeiro. Funcionários do governo do país disseram que o caso é isolado e o risco de disseminação do H5N1 baixo. Mas a morte ocorre em meio à preocupação com a gripe aviária na sequência do aumento das mortes por outra cepa do vírus na China, em Hong Kong e Taiwan.
O diretor-chefe de saúde pública do Canadá, Gregory Taylor, disse a jornalistas que este foi o ‘primeiro e único caso confirmado de H5N1 na América do Norte’.

O vírus H5N1 é encontrado em pássaros, principalmente aves, na Ásia, Europa, África e no Oriente Médio, com 650 casos de infecção detectados em 15 países na última década, principalmente em pessoas expostas a aves infectadas.

A Organização Mundial da Saúde informou que 384 pessoas morreram de H5N1 ao longo da última década, com 24 mortes no ano passado.

Autoridades canadenses se recusaram a revelar a idade ou o gênero da vítima canadense. Revelaram, entretanto, que a pessoa ficou doente em um voo de Pequim para Vancouver no final de dezembro e passou algumas horas no aeroporto de Vancouver antes da transferência a um voo destinado a Edmonton.
Os sintomas incluíam febre, dor de cabeça, tosse e mal-estar. Resultados de exames laboratoriais na noite de terça-feira confirmaram que a morte foi causada pelo vírus H5N1, disse Taylor.

Funcionários do órgão de saúde canadense afirmaram que entrariam em contato com as pessoas que estavam no mesmo voo que a vítima para dizer que o risco de contrair a doença é baixo, por esse vírus ser transmitido por contato com aves infectadas.

Eles disseram que não há planos para a criação de medidas específicas de triagem em aeroportos, mas os oficiais de saúde desses locais manterão vigilância sobre viajantes para detectar sintomas. Funcionários do governo canadense entrarão em contato com autoridades chinesas para informá-las sobre o caso.
Pin It

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

« »

Scroll to top