Related »

Portal VSP – Combate ao tráfico de animais atrai voluntários

on May 26 | in FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

RIO DE JANEIRO – Prestes a completar seu primeiro aniversário, o Programa Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres nos Aeroportos Brasileiros, que visa a coibir esse tipo de crime por meio da sensibilização da população, já tem um resultado positivo o número de voluntários que se oferecem para ajudar na luta contra o comércio ilegal vem aumentando.

A campanha, que foi iniciada em junho passado, é fruto de uma parceria firmada entre a Infraero, empresa que administra os aeroportos, e a Renctas, organização não-governamental que luta contra o tráfico dos bichos.

EXPOSIÇÕES

De lá para cá, três aeroportos – Brasília, Manaus e Belém – receberam a exposição itinerante em que são exibidas fotografias que mostram as péssimas condições em que pássaros, primatas, cobras, jabutis, iguanas e outras espécies são acondicionados pelos criminosos.

Também são mostradas peles e partes de animais apreendidos. A Infraero distribui material informativo produzido pela Renctas. Os próximos terminais por onde a mostra passará serão os de Recife e São Paulo.

O convênio prevê ainda o treinamento, pela Infraero, de empregados dos aeroportos. Os funcionários de Brasília e de Manaus já receberam aulas para ajudar a reprimir a ação dos bandidos.

IMPACTO

De acordo com a Renctas, não há dados que indiquem a diminuição dos números do tráfico, mas há sinais claros de que o programa tem causado forte impacto na população, que fica chocada com as imagens que vê.

“O retorno é muito bom”, diz a veterinária Ângela Branco, coordenadora de projetos da ONG. “As pessoas que vêem a mostra ficam interessadas no assunto e entram em contato conosco em seguida para se engajar.”

Ela também não dispõe de estatísticas sobre o aumento do volume de voluntários, mas acredita que muita gente que ignorava a questão do tráfico de animais se conscientizou da relevância da mobilização.

PERDAS

O comércio movimenta anualmente entre US$ 10 bilhões e US$ 20 bilhões em todo mundo, sendo que de US$ 1 bilhão a US$ 2 bilhões só no Brasil.

Cerca de 38 milhões de animais são retirados da fauna brasileira por ano. De cada dez animais traficados, apenas um chega às mãos do comprador. Os demais morrem durante a captura ou o transporte.


Fonte: Agência Estado

Pin It

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

« »

Scroll to top