Related »

Tribuna do Brasil – Estudantes propõem medidas ambientais

on November 18 | in FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

Autor: Luciano Rodrigues

Manifestação leva jovens à Esplanada para cobrar ações e alertar sobre riscos

Cerca de 100 estudantes, de 8 a 11 anos de idade, foram ontem à Esplanada dos Ministérios munidos de máscaras cirúrgicas e camisetas com o símbolo do risco biológico para cobrar do governo o controle mais rigoroso sobre o tráfico de animais silvestres no País e alertar sobre os riscos de doenças provenientes do desequilíbio ambiental.

As crianças – alunos do colégio Indi Bibia, ligado à organização não-governamental Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas) – entregaram a representantes do Congresso e do governo federal um documento com 13 sugestões de medidas que podem ajudar a impedir a disseminação de doenças transmitidas por animais que circulam ilegalmente entre os países.

As camisetas pretas traziam, além do símbolo em vermelho, a frase: “Esse será o símbolo do nosso futuro?”, em quatro idiomas. O ato ainda contou com a performance da artista Manuela Castelo Branco, que se fantasiou de ‘morte’ e, de cima da rampa do Congresso, conversou com as crianças sobre os riscos das “doenças emergentes e reemergentes” que podem comprometer a saúde pública em conseqüência do desequilíbrio ambiental causado pelo homem. O céu nublado deu o aspecto sinistro ao manifesto que foi reforçado com a apresentação de músicas medievais com o tema da morte .
Segundo a coordenadora de projetos da Renctas, a veterinária Ângela Maria Branco, o manifesto teve a intenção de alertar para os riscos de contaminação que a humanidade está exposta devido ao desequilíbrio provocado pelo atual modelo de desenvolvimento econômico. “O homem invade o meio natural de forma agressiva, o que o impõem a ele o risco de contaminação. Não é culpa dos animais”, defende.

A doutora explica a simbologia sugerida nas camisetas e nas máscaras das crianças: “Cada geração tem o seu símbolo. Talvez o símbolo do risco biológico seja o que vai marcar as futuras gerações”. Ela cita como exemplo os riscos da gripe aviária que, “embora não seja transmitida entre os homens, pode vir a sofrer mutação e se tornar uma pandemia”.

A pauta de reivindicações do “Alerta Renctas” foi entregue ao presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), ao presidente da Comissão de Meio Ambienta da Câmara, Paulo Baltazar (PSB-RJ), ao relator da CPI da Biopirataria, Sarney Filho (PV-MA), além de outros parlamentares. O documento também foi protocolado no Ministério do Meio Ambiente.

Pin It

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

« »

Scroll to top