Related »

Estadão – SP – ONGs fazem parceria em prol da fauna da Mata Atlântica

on novembro 8 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

SOS Mata Atlântica e Renctas firmam convênio para desenvolvimento conjunto de projetos e atividades em benefício da conservação da fauna do bioma

São Paulo – A Fundação SOS Mata Atlântica e a Rede Nacional Contra o Tráfico de Animais Silvestres (Renctas) anunciam uma parceria para conservação dos animais silvestres da Mata Atlântica. O convênio será assinado na próxima segunda-feira, no Jardim Zoológico de Brasília, e terá a finalidade de implantar um banco de dados e um sistema de monitoramento dos animais ameaçados pelo tráfico na região do bioma.

Além disso, a parceria irá desenvolver programas de educação ambiental, voluntariado, campanhas de mobilização e políticas públicas. “Embora a preservação da fauna seja um tema prioritário da SOS Mata Atlântica, a entidade nunca teve um programa específico sobre o tema. Agora, com a parceria, esperamos unir o trabalho importante realizado pela Renctas contra o tráfico com as campanhas de mobilização e voluntariado da Fundação”, disse Márcia Hirota, coordenadora de projetos da SOS.

A operação será centralizada na sede da Renctas, em Brasília, e contará, para a fase de estruturação, com recursos de R$ 100 mil, doados pelo Bradesco. Segundo Márcia, a SOS está em contato com outras empresas para conseguir mais recursos para a União pela Fauna da Mata Atlântica, como é chamado o projeto.

Mônica Kock, da Renctas, explica que a primeira iniciativa será fazer um rastreamento fino sobre o tráfico de animais na Mata Atlântica, levantando informações sobre pontos de captura e de venda, que permitam o planejamento de ações específicas de fiscalização. “Queremos saber quais espécies são traficadas e, a partir disso, propor pesquisas para essas espécies e criar alternativas de renda para comunidades que trabalhem na coleta de animais silvestres. Vamos concentrar nossa atuação na Mata Atlântica como um projeto piloto, que possa ser aplicado no restante do País”.

Biodiversidade

Apesar de reduzida a cerca de 7% de sua área original, a Mata Atlântica concentra cerca de 15% de todas as espécies animais e vegetais do planeta. Em conjunto, os mamíferos, aves, répteis e anfíbios que ocorrem no bioma somam 1.807 espécies (7% das espécies conhecidas no mundo nesses grupos de vertebrados), 389 das quais endêmicas.

Mas apesar da fauna rica em espécies, as populações encontram-se atualmente com número reduzido de indivíduos e muitas estão ameaçadas de extinção. Entre as 1050 espécies de aves, 10% se enquadram em alguma categoria de ameaça, chegando a 104 em vias de extinção. No caso de mamíferos, das 250 espécies, 14% encontram-se em perigo de extinção.

Segundo dados da SOS Mata Atlântica, uma das características da fauna do bioma é a enorme quantidade de espécies endêmicas – que só ocorrem em uma determinada região. É o caso de 55 espécies de mamíferos, 188 de aves, 60 de répteis, 90 de anfíbios e 133 de peixes. “Nossa atuação não será somente para combater o tráfico, mas também para conservar as espécies”, diz Márcia.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top