Related »

Folha Universal Online – Abaixo o tráfico de animais

on março 3 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

A Organização Não-Governamental Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas) e a Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) iniciaram no dia 19 deste mês, no Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus (AM), o Programa Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres nos Aeroportos Brasileiros. O projeto foi lançado com uma mostra itinerante sobre educação ambiental e repressão a essa modalidade de crime contra a natureza e uma entrevista coletiva concedida pelo coordenador da Renctas, Dener Giovanini, e presidente da Infraero, Carlos wilson Queiroz.

A Exposição Itinerante sobre o Tráfico de Animais tem o objetivo de alertar os usuários dos aeroportos sobre os prejuízos causados pela retirada criminosa de animais e plantas do meio ambiente. Foram apresentados vídeos educativos, fotos, coleções de peles, partes de animais apreendidos, além de banners e cartazes mostrando mapas com as principais rotas do tráfico internacional de animais. Houve também distribuição de material para a imprensa, informando sobre a aplicação da Lei Ambiental, conservação de ecossistemas, combate ao tráfico de animais silvestres e à biopirataria.

O trabalho da Renctas foi reconhecido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) no final do ano passado. Segundo as denúncias da ONG, apenas 10% dos animais retirados das florestas brasileiras chegam vivos a seus destinos e a maioria dos que sobrevivem aos maus-tratos sofridos durante as longas viagens chega com a saúde comprometida.

Também em 2003, a Polícia Federal deflagrou as duas primeiras etapas da Operação Drake para reprimir a biopirataria – envio criminoso de substratos orgânicos para o exterior para fins de manipulação dos princípios ativos por parte das indústrias farmacéuticas, de alimentos e de cosmésticos. Os agentes federais têm realizado constantes apreensões nos aeroportos brasileiros. São recolhidos gaiolas, armadilhas variadas, peles e carne de animais silvestres, ovos e couro de répteis, filhotes de pássaros raros, além de plantas. A Exposição Itinerante sobre o Tráfico de Animais Silvestres viajará por todos os aeroportos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Mais informações através da Renctas (0XX61-368-8970).

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top