Related »

Mais de 1 mil animais silvestres são apreendidos nos primeiros meses do ano

on abril 4 | em Fauna na Mídia | by | with No Comments

(foto: BPMA/Divulgação)

(foto: BPMA/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Batalhão da Polícia Militar Ambiental atendeu também, durante o primeiro trimestre de 2019, mais de 106 casos de maus-tratos a animais domésticos

O ano começou com 1.001 apreensões de animais silvestres pelo Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMA). Os animais, vítimas de crimes ambientais, eram em sua maioria pássaros criados em cativeiros ou que foram fruto do tráfico interestadual de animais silvestres.

O BPMA também realizou 647 resgates de animais silvestres vivendo em meio urbano ou residência até o fim de março, em sua maioria saruês e serpentes. Na terça-feira (2/4), uma cascavel foi encontrada na Administração do Riacho Fundo. Veja o vídeo do resgate:

Só no primeiro trimestre deste ano foram lavrados 162 termos circunstanciados – ou seja, termos de crimes ambientais que foram enviados para o Ministério Público – e mais de 106 casos de maus-tratos a animais foram atendidos. Desses, 38 – 30 cães e 8 cavalos – foram destinados a outros donos.

Denúncia

As condições básicas que qualificam maus-tratos são falta de alimentação, de água, falta de espaço para o animal, limpeza inadequada do local, animal amarrado sob sol e chuva e sem coleira, direto na corrente. São avaliadas também as condições psicológicas do animal e a reação dele à presença humana. Um desses fatores ou o conjunto deles é qualificado como mau-trato. Para denunciar, é preciso ligar para o 190 ou enviar mensagem pelo WhatsApp do BPMA: 99351-5736.

Todos os animais encontrados são avaliados e, se apresentarem excelentes condições físicas e forem descobertos próximos ao seu habitat natural, a soltura é imediata. No entanto, se apresentarem alguma patologia ou não forem encontrados próximos a sua área natural, são conduzidos ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), onde recebem tratamento e medicação para depois serem soltos.

Adoção

Outro projeto do BPMA é a adoção desses animais domésticos que foram maltratados por meio do Zap adoção. A pessoa interessada liga para o número do WhatsApp 99351-5736 e pede para ser cadastrada na lista de espera para a adoção. Essas pessoas serão avaliadas pelo batalhão, responderão a questionários e, após esse filtro, o animal é doado e o BPMA realiza o acompanhamento.

No DF, este ano, ocorreram dois casos de zoofilia, crime ainda não enquadrado como delito grave e que entra para a pena de maus-tratos. De acordo com o artigo 32 da Lei nº 9605/98, os criminosos podem pegar de três meses a um ano de prisão e multa de até R$ 5 mil em casos de animais silvestres e de 1 a 40 salários mínimos para animais domésticos.

Capivara encontrada dentro de poço em meio ao lixo em área urbana (foto: BPMA/Divulgação)

Capivara encontrada dentro de poço em meio ao lixo em área urbana
(foto: BPMA/Divulgação)

O trabalho do BPMA

O Batalhão da Polícia Militar Ambiental atua no patrulhamento ambiental do DF, investigando crimes ambientais de natureza comum, tráfico de animais, criação irregular e crimes contra recursos hídricos. Combate também a supressão de vegetação, crimes contra a ordem urbanística, caça predatória e atuam em projetos de educação ambiental.

Em 2018, mais de 5,2 mil aves foram encontradas em condições degradantes pelo batalhão, mais de 3 mil resgates de animais silvestres foram realizados e 272 animais – 20 gatos, 250 cães e dois cavalos – foram adotados, após a verificação e análise pelo BPMA.

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2019/04/03/interna_cidadesdf,747210/mais-de-1-mil-animais-silvestres-sao-apreendidos-tres-meses-de-2019.shtml

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top