Related »

MPF-AM quer que Prefeitura delimite áreas que abrigam sauins-de-coleira

on abril 7 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Sauins-de-coleira estão ameaçados de extinção (Foto: Divulgação/SEC)

Sauins-de-coleira estão ameaçados de extinção (Foto: Divulgação/SEC)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sauins-de-coleira são considerados ‘criticamente em perigo’.
Espécie é encontrada em três municípios do estado.

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) ingressou com ação civil pública na Justiça Federal, com pedido de urgência, para que a prefeitura de Manaus realize estudos necessários para identificar e delimitar as áreas de ocorrência do sauim-de-coleira (Saguinus bicolor), com a participação do Grupo de Trabalho do Plano de Ação Nacional para a Conservação do sauim-de-coleira (PAN Sauim). A informação foi divulgada pelo órgão na segunda-feira (14).

A espécie é considerada “criticamente em perigo” pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), desde 2003.

Na ação, o MPF requer que a prefeitura publique, no prazo de até 180 dias, um decreto com a completa descrição das áreas de preservação permanente a serem criadas, sob pena de multa diária de R$ 10 mil, a recair sobre o patrimônio pessoal do prefeito de Manaus.

Caso o Poder Executivo municipal não identifique quais fragmentos florestais devem ser preservados, a ação pede que a Justiça proíba a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), o Instituto de Proteção Ambiental do estado do Amazonas (Ipaam) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de conceder autorização para qualquer desmatamento legalizado, até a edição do decreto com a completa descrição das áreas de preservação permanente a serem criadas.

Devido a sua distribuição geográfica restrita – só existe nos municípios de Manaus, Rio Preto da Eva e Itacoatiara, a extinção local significa a extinção total da espécie na natureza. Por isso, o MPF defende que as áreas de vivência do sauim-de-coleira sejam prioritariamente preservadas, diante da real ameaça de extinção da espécie.

O MPF observa a necessidade implementar e colocar em prática o que está previsto no artigo 32, inciso IV, do Código Ambiental do Município de Manaus. Trata-se do dispositivo que decretou como áreas de preservação permanente aquelas “que abriguem exemplares raros, ameaçados de extinção ou insuficiente desconhecidos da flora e da fauna, bem como aquelas que servem de pouso, abrigo ou reprodução de espécies migratórias”.

Dados sobre a espécie
O sauim-de-coleira (Saguinus bicolor), considerado um animal símbolo da capital amazonense, corre o risco de desaparecer em poucas décadas. Em liberdade, o primata é encontrado apenas em uma área de terra que compreende alguns quilômetros, entre três municípios do Amazonas. Dados apontam que pelo menos 10 deles morrem por ano só na zona urbana de Manaus. Especialistas somam esforços e buscam meios para protegê-lo. “Apenas cumprir a legislação ambiental já seria suficiente”, diz o pesquisador e diretor do projeto Sauim-de-Coleira da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Marcelo Gordo.

Pesquisadores estimam que há aproximadamente 30 mil sauins-de-coleira na natureza. O primata é estudado há cerca de 14 anos por pesquisadores da Ufam.”Não há levantamento oficial de morte de sauins, mas, pelo menos 10 são registradas por ano apenas nas APAs e ruas de Manaus. Há relatos de atropelamentos também nas rodovias AM-010 e BR-174. Fora os casos de animais mortos por cachorros, casos em invasões e condomínios que não ficamos sabendo”, revelou o analista ambiental do Ibama e veterinário, Diogo Lagroteria.

Fonte: http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2017/03/mpf-am-quer-que-prefeitura-delimite-areas-que-abrigam-sauins-de-coleira.html

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top