Related »

Onça-preta leva os repórteres do Terra da Gente a filmar o animal livre na natureza

on junho 23 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Macho de onça-preta é monitorado por pesquisadores (Foto: Instituto NEX)

Macho de onça-preta é monitorado por pesquisadores (Foto: Instituto NEX)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Equipe acompanha o trabalho de pesquisadores em Goiás e vai a campo para encontrar o animal raro.

Em Goiás, a equipe do Terra da Gente embarcou em mais uma aventura. Em áreas preservadas do Planalto Central, os repórteres foram em busca da realização de um sonho: filmar a onça-preta em vida livre.

Mas registrar este animal não é nada fácil, e para conseguir tal façanha é preciso estar acompanhado de especialistas. Por isso, a expedição contou com a presença de pesquisadores do Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) do projeto Brasília é o Bicho, técnicos do Instituto NEX de Brasilia, de especialistas do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros do ICMBio e de um veterinário da Universidade Federal de Viçosa.

Os pesquisadores tinham como meta capturar uma onça-preta para colocar no animal um colar de monitoramento por GPS, método usado para garantir a conservação da espécie.

Equipe do Terra da Gente vai atrás de um sonho: filmar a onça-preta livre na natureza (Foto: Marcelo Moraes/ TG)

Equipe do Terra da Gente vai atrás de um sonho: filmar a onça-preta livre na natureza (Foto: Marcelo Moraes/ TG)

Para capturar o felino com mais de 70 quilos é preciso elaborar uma estratégia e se empenhar ao máximo. O primeiro passo foi percorrer trilhas atrás de vestígios dos felinos, como pegadas. Depois de encontradas as pistas, era hora de contar com a ajuda da tecnologia e instalar câmeras fotográficas nos caminhos pelo qual o animal havia passado. Cerca de 10 armadilhas com laço foram montadas nas matas para tentar capturar o bicho.

Durante 24 horas os equipamentos eram monitorados pelos pesquisadores e muitos alarmes falsos enganaram o time, como o bando de quatis que passou próximo ao equipamento montado.

Na expedição, os repórteres foram à verdadeira casa das onças, o Instituto NEX, o maior criadouro científico especializado em felinos da fauna brasileira. Ali vivem cerca de 25 animais, entre onças-pardas, pintadas e a pintada melânica, conhecida como onça-preta. Cada qual com a sua história, porém todas muito semelhantes. Algumas estão passando por reabilitação, outras são órfãs e são amparadas no Nex. Mas há uma em especial que visita o local, porém é de vida livre.

No Centro-Oeste do Brasil, os repórteres do Terra da Gente vão atrás da onça-preta (Foto: Brasilia é o Bicho )

No Centro-Oeste do Brasil, os repórteres do Terra da Gente vão atrás da onça-preta (Foto: Brasilia é o Bicho )

É um macho de onça-preta. O felino apareceu pela primeira vez nos arredores dos recintos em 2012 e câmeras flagraram as andanças do bicho. Biólogos e veterinários elaboraram uma estratégia para capturar o animal e colocar o colar de monitoramento. Desde 2013 o bicho tem sido acompanhado a distância pelos profissionais. A onça recebeu o nome de Xangô e graças a ela foi possível compreender melhor a rotina de uma onça-preta na natureza.

Pelo menos uma vez ao mês o animal selvagem visita os recintos do Instituto Nex, onde cenas curiosas do predador foram registradas. Desde cochilos a momentos de caça e briga com os outros felinos que vivem no recinto. A disputa se deve, principalmente, em função da fêmea. O Terra da Gente recebeu o sinal: Xangô estava próximo ao local. Caiu o dia e a equipe foi ao encontro com a fera.

Xangô é registrado por armadilha fotográfica enquanto afiava as garras em árvore (Foto: Instituto NEX)

Xangô é registrado por armadilha fotográfica enquanto afiava as garras em árvore (Foto: Instituto NEX)

Fonte: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/terra-da-gente/noticia/onca-preta-leva-os-reporteres-do-terra-da-gente-a-filmar-o-animal-livre-na-natureza.ghtml

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top