Related »

Onça Suçuarana é encontrada morta perto do Park Way

on novembro 17 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Animal foi encontrado morto perto da Área Alfa da Marinha, nas imediações do Catetinho.

Animal foi encontrado morto perto da Área Alfa da Marinha, nas imediações do Catetinho.

Uma onça da raça suçuarana foi encontrada morta perto do Park Way. Pelo estado do cadáver, foi morta entre terça e quarta-feira. Ciclistas que faziam trilha pelo cerrado no feriado de 15 de novembro encontraram o animal já morto perto da Área Alfa, base da Marinha do Brasil, que fica às margens da rodovia DF-001 e em frente ao Parque Ecológico Córrego da Onça. A região típica de cerrado é rica em diversidade de flora e fauna. Nas imediações existem várias outras unidades de conservação, como o Parque do Catetinho e o Parque Ecológico Lauro Müller. É naquelas imediações que moradores do Park Way pleiteiam do GDF a criação do Parque do Córrego do Mato Seco, que permitiria formar um grande corredor para a vida silvestre.

A DF-001, também conhecida por Estrada Parque Contorno, entre a Área Alfa e a cidade de São Sebastião, margeia a Fazenda Água Limpa, da Universidade de Brasília; a Reserva do IBGE e o Jardim Botânico. Profissionais da Reserva do IBGE já relataram terem percebido a presença de onças naquela unidade de conservação. Toda região está inserida na Área de Proteção Ambiental Gama-Cabeça do Veado que abriga uma grande mancha de cerrado ainda intacto.

Por conservar ainda uma grande mancha de cerrado intacto, a região vem sendo utilizada para a reintrodução de animais silvestres apreendidos pelas autoridades. Entre 2015 e 2016 foram cerca de duas mil aves e cem mamíferos de pequeno porte. Mas não há registro de reintrodução de felinos, o que leva a concluir que a onça encontrada morta seja nativa da região.

Veterinários do Hospital Universitário da UnB recolheram o corpo da onça e ela será será taxidermizada. A causa mortis do animal gerou diferentes versões. Policiais que estiveram primeiro no local informaram que o felino teria sido abatido com disparo de arma de fogo. Pela hipóteses, quando foi morto ele estaria, provavelmente, em cima de uma árvore pois a ferida foi na base do pescoço. Técnicos ambientalistas que recolheram posteriormente o cadáver apontam que o mais provável foi um atropelamento. Na versão policial, a onça teria ter sido morta em local diferente de onde foi encontrado o cadáver, pois não havia sinais de rastro ou de sangue no local. Segundo policiais, tudo leva a crer que foi desovada naquele local. Veterinários do Hospital Universitário da UnB recolheram o corpo da onça e ela será será taxidermizada.

O Conselho de Segurança do Park Way solicitou à Policia Ambiental que aprofunde a apuração do ocorrido. Ainda não há um posicionamento da Secretaria de Meio-Ambiente nem do Instituto Brasília Ambiental. Matar qualquer animal silvestre é crime ambiental, mas a pena é pequena e não deve inibir o impulso de matar. A pena varia de seis meses a um ano de detenção – e pode ser transformada facilmente é prestação de serviço social ou pagamento de cesta básica -, além de multa de até R$ 5 mil.

Suçuarana

A Suçuarana, também conhecida como Puma Concolor, onça parda ou leão baio, é o segundo maior felino do Brasil, menor apenas do que a onça pintada.  Chega a ultrapassar um metro de comprimento, sem computar a cauda que mede, em média 60 centímetros. A coloração de sua pelagem é normalmente bege-rosado, mas pode ser cinza, marrom ou cor-de-ferrugem. É um animal de hábitos noturnos e solitários e que demanda um vasto território, entre 20 e 65 65 km². Em 2013, estudos técnicos do ICMBio estimaram em  4.000 exemplares a população total desses animais no Brasil.

Embora comum a todos os biomas brasileiros: Amazônia, Cerrado, Caatinga, Pantanal, Mata Atlântica e Campos Sulinos, estudos de ambientalistas já mostram preocupação para com essa espécie, pois a mesma está ameaçada de extinção. A cada geração, essa população seria reduzida em dez porcento. Devido à degradação de seu habitat natural, fruto do avanço do agronegócio, esses animais se vêem obrigados a abandonar seus habitats em busca de alimentos ou fugidos de queimadas. Dessa forma, passam a ser alvo fáceis, principalmente de fazendeiros, caçadores clandestinos e do trânsito nas rodovias e ferrovias.

Fonte: https://chicosantanna.wordpress.com/2017/11/15/onca-sucuarana-e-encontrada-morta-perto-do-park-way/

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top