Related »

Operação ‘Silêncio’ recaptura mais de 200 pássaros em Teresina, PI

on fevereiro 22 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Animais eram mantidos em cativeiro e foram encontrados em quatro bairros.
Polícia Ambiental informou que o valor da multa a ser paga chega a R$ 100 mil.

21/02/2016 – 12h39
Fernando Brito – Do G1 – PI

 

Polícia Ambiental apreendeu mais de 100 animais silvestres em operação na capital. Foto: Polícia Ambiental

Polícia Ambiental apreendeu mais de 100 animais silvestres em operação na capital.
Foto: Polícia Ambiental

 

Animais eram mantidos presos em gaiolas. Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Animais eram mantidos presos em gaiolas.
Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

 

Uma operação realizada pelo Batalhão da Polícia Ambiental apreendeu na manhã deste domingo (21) mais de 200 pássaros que eram mantidos presos em gaiolas em residências.

Os animais foram recapturados nos bairros Real Compagre, Aeroporto, Alto da Ressurreição e Deus Quer. As pessoas que mantinham os animais presos em casa responderão por crime ambiental.

Em apenas uma residência, no bairro Real Compagre, Zona Norte da capital, os policiais encontraram 35 pássaros de diferentes espécies e mais dois jabutis. A apreensão deste domingo (21) dá fim à operação “Silêncio”, da polícia ambiental, que acontece desde o início do mês de fevereiro e teve como objetivo atuar no combate ao tráfico de animais silvestres na capital.

Segundo o sargento Artur Veras, do Batalhão de Polícia Ambiental, ainda foram expedidos autos de infração e as pessoas que foram flagradas mantendo os animais em cativeiro, vão pagar juntas, multa que chega ao valor de R$ 100 mil.

“Confira crime ambiental o indivíduo que manter animais silvestres presos em cativeiro sem a devida autorização do órgão competente. Por isso, autos de infração foram expedidos, e as pessoas responderão pelo crime. Elas pagarão multa de pelo menos R$ 500 reais para cada animal silvestre apreendido. O valor é ainda maior se o animal estiver em extinção”, contou.

Ainda de acordo com o militar, os animais serão encaminhados para o Parque Zoobotânico e passaram por uma triagem pelo departamento médico veterinário do local. Dependendo da condição do pássaro, ou ele será encaminhado para a natureza ou será levado a abrigos para serem tratados até estiverem prontos para voltarem ao seu hábitat natural.

A operação teve participação de mais de 20 militares da Polícia Ambiental e participação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

 

CLIQUE AQUI  para notícia original.

 

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top