Related »

Polícia Ambiental e Cereias realizaram soltura de 220 aves em região serrana do ES

on outubro 7 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

04/10/2014 – 11:19h
Portal Notícia Capixaba

e9c1f51a97744aa713c8967fc1a2c65b_L

P5 BPMA SOLTURA 4

P5 BPMA SOLTURA 1

Fotos: Divulgação PMAmbiental

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Unidade Especializada da PMES e o Projeto Cereias – Centro de Reintrodução de Animais Selvagens realizaram na tarde desta sexta-feira (03), a soltura de 220 aves silvestres em uma cidade da Região Serrana, do Sul do Estado.

Das 220 aves da fauna silvestre brasileira, oriundas de apreensões realizadas em várias partes do estado e que foram reintroduzidas à natureza, estavam canários-da-terra, coleiros, bigodinhos, catataus, azulão, galinhos-da-serra, sanhaços, trinca-ferros, sabiás, melros, maitacas, além de papagaios-chauá que receberam uma atenção especial ficando provisoriamente em um viveiro especialmente construído para uma última etapa antes da soltura definitiva, que deverá ser realizada paulatinamente nos próximos dias.

Mesmo com as portas dos transportes abertas, alguns ainda demoram a sair. Passaram por longos períodos em cativeiro que, mesmo diante da liberdade, se sentem inseguros e aos poucos arriscam o primeiro voo livre.

O biólogo e coordenador do Cereias, José da Penha Rodrigues, que transportou os animais juntamente com a Polícia Militar Ambiental e acompanhou todo o processo, disse que, antes da soltura das aves, são espalhados alimentos variados em diversos pontos para garantir a sobrevivência das espécies. “No início elas não vão embora porque não conhecem bem a área, ficando próximas de onde foram soltas com alimentação farta. Aos poucos vão se distanciando. A cada dia vão mais longe, até conhecer toda a região cumprindo o seu papel junto à natureza”, afirmou.

Como ocorreu nas solturas anteriores, houve uma escolha técnica do local com parecer favorável do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Todo o trabalho de soltura é registrado em boletim de ocorrência ambiental, com fotos e filmagens pelo BPMA, servindo como documentação e registro da importante ação, sendo utilizados em palestras e atividades diversas de educação ambiental.

Os animais devolvidos à natureza, são fruto do trabalho de apreensões e recolhimentos feitos em todo o Estado pela Polícia Militar Ambiental e Ibama, sendo encaminhados ao Projeto Cereias, onde recebem atendimento veterinário, alimentação apropriada em espaço físico adequado até que possam voltar à natureza. Desde sua fundação o Cereias já recebeu mais de 70 mil animais, onde cerca de 77% já retornaram à natureza, 2% foram transferidos para outros estados, 19% não resistem aos maus-tratos sofridos e chegam a óbito e 2% estão em recuperação no Centro.

Considerado como referência nacional por sua estrutura, o Cereias também desenvolve programas de pesquisa em conjunto com universidades nas áreas de biologia de espécies ocorrentes no estado do Espírito Santo, medicina veterinária preventiva para animais selvagens, métodos de reintrodução de espécies e ecologia da fauna selvagem reintroduzida.

Para os policiais ambientais que participaram da soltura, a satisfação do dever cumprido, vendo-os novamente soltos na natureza, é a certeza de que as atuais e futuras gerações poderão apreciar esses belos animais e conhecer a sua importância para o equilíbrio do meio ambiente.

CLIQUE AQUI para notícia original.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top