Related »

Portal Globo.com – G1 – Casal de arara azul reproduz em reserva ecológica de Uberaba, MG

on janeiro 23 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Filhotes nasceram há 60 dias e estão quase prontos para primeiro voo.
Biólogo diz que reprodução fora do habitat natural é difícil.

Do G1 – Triângulo Mineiro

Arara azul Uberaba (Fot Reprodução/TV Integração)
Filhotes estão com 60 dias.
Foto: Reprodução/TV Integração
Arara azul Uberaba (Fot Reprodução/TV Integração)
Aves continuarão na reserva.
Foto: Reprodução/TV Integração

Pela primeira vez, em nove anos, um casal da espécie arara azul teve dois filhotes na Reserva Ecológica Zebu, em Uberaba. Eles já completaram 60 dias de vida e estão quase prontos para dar o primeiro voo. Para o biólogo Thiago Pires, isto representa uma esperança para manter a preservação da ave.

Segundo ele, a reprodução é difícil porque a espécie não é nativa do cerrado. Além disso, na região as aves não encontram uma fibra natural usada para fazer o ninho. Por isso, um local artificial foi improvisado utilizando a estrutura de uma caixa d’água, toda forrada com serragem onde há três meses a mãe choca os filhotes.

Apenas o empresário Luís Antônio da Costa, que é dono das aves, pode chegar perto do ninho, que é protegido de perto pelos pais dos filhotes. “É uma glória fazer reproduzir um animal lindo como este, que está à beira da extinção”, afirmou.

Segundo o biólogo, o fato dos dois filhotes sobreviverem é algo excepcional para a espécie. “Estas aves, em vida livre, normalmente vinga só um filhote. A própria seleção natural se encarrega de entrar em ação a partir do nascimento. No caso da arara azul, a competição se inicia no ninho, quando os pais levam o alimento. O mais forte vai conseguir a comida e somente um filhote sobrevive”, explicou.

A Reserva Ecológica Zebu fica no meio do cerrado mineiro. São mais de 200 animais exóticos e todos são devidamente registrados. As araras vão continuar na reserva. O objetivo do empresário é incentivar a recuperação da espécie e promover visitas guiadas, para estudos e a apreciação da natureza.
Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top