Related »

Portal Globo.com – G1 – Queimadas em Roraima matam animais silvestres, afirma Prevfogo

on março 24 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Veados, tatus, cobras e jabutis estão entre alguns dos animais mortos.
Produtores rurais dizem ser prejudicados por causa das queimadas.

Marcelo Marques – Do G1 RR

Em consequência das queimadas, muitos animais acabam morrendo no local (Fot Adailton Paulino/Arquivo pessoal)
Em consequência das queimadas, muitos animais acabam morrendo no local.
Foto: Adailton Paulino/Arquivo pessoal
 
Integrante do Prevfogo mostra tatu encontrado morto pelo fogo (Fot Adailton Paulino/Arquivo pessoal)
Integrante do Prevfogo mostra em rede social tatu encontrado morto pelo fogo.
Foto:  Adailton Paulino/Arquivo pessoal
 
Gerente do Prevfogo mostra cobra encontrada morta devido à queimada (Fot Adailton Paulino/Arquivo pessoal)
Gerente do Prevfogo mostra cobra encontrada morta devido à queimada.
Foto:  Adailton Paulino/Arquivo pessoal
As queimadas que atingem a Vila Campos Novos, no município de Iracema, interior de Roraima, mataram diversos animais silvestres, de acordo com o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfog). Veados, tatus, cobras, jabutis e antas estão entre alguns dos bichos mortos. Os próprios moradores teriam ateado fogo para a ‘renovação do pasto’.

As fotos foram publicadas no Facebook pelo gerente do Prevfogo em Roraima, Adailton Paulino, e comoveram internautas. “É de se chocar mesmo. Além dos animais silvestres, há pássaros que morreram. Os lençóis de águas que abastecem a região foram danificados pelo incêndio e a vila ficou sem água. Não temos ainda a dimensão de área afetada pelo fogo. Isso é imensurável. Sabemos que região foi completamente prejudicada”, afirma Paulino.

Os internautas não pouparam críticas às queimadas: “Esse povo fica limpando terreno e cometendo crime”, escreveu um deles.  “O Brasil está a cem mil anos-luz de se tornar um país de pessoas educadas, e Roraima? Quando é que esse povo vai ter consciência?”, questionou outro.

Prejuízos

De acordo com Paulino, plantações de hortaliças, bananas e criações de animais para abate também foram alvo das queimadas. “Em alguns lugares, carneiros foram carbonizados. Muitas pessoas tiveram prejuízos”, assegura.

Os incêndios, segundo Paulino, começam pelos produtores que querem fazer suas roças e ‘renovar o pasto’, e se esquecem de fazer o aceiro, que é uma extensa abertura superficial no solo, ao contorno do mato seco, com o propósito de prevenir a passagem do fogo para a vegetação.

“Essa prevenção é muito importante, mas não há uma preocupação em se fazer os aceiros. Por isso, os incêndios ganham grandes proporções porque se espalham rápido, causando prejuízos ao próprio agricultor e ao terreno mais próximo”, explica.

Para atender a Vila Campos Novos, foram enviados mais de 40 membros do Prevfogo, seis veículos e duas aeronaves para impedir as queimadas nas serras da região.

“Conseguimos combater o fogo em algumas regiões onde se alastrava subitamente. Passamos mais de 20 dias nessa atividade, garantindo a segurança dos moradores da vila e evitando mais mortes de animais silvestres. Tenho a informação ainda de que equipes estão com mais fotos de bichos mortos”, revelou Paulino, ressaltando que há mais focos de incêndio na vila.
Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top