Related »

Portal Globo.com – G1 – Sucuri de 5 m é resgatada viva com suspeitos de matar animais em Goiás

on janeiro 30 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Além do réptil, polícia ainda encontrou carne de anta, armas e munições.
Três pessoas foram presas em fazenda e devem responder por 4 crimes.

Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera

Policiais mostram sucuri resgatada com os criminosos, em Goiás (Fot Reprodução/ TV Anhanguera)

Policiais mostram sucuri de 5 metros resgatada com vida.
Foto:Reprodução/ TV Anhanguera
Três pessoas foram presas suspeitas de capturar e matar animais silvestres em uma fazenda de Itarumã, no sudoeste goiano.
Com os suspeitos, a Polícia Ambiental de Caçu encontrou uma sucuri de 5 metros, que ainda estava viva, e aproximadamente 15 kg de carne de anta, animal que corre risco de extinção segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O flagrante aconteceu na madrugada de quarta-feira (29), após denúncias de que animais eram mortos no local. Na fazenda, além da cobra e da carne, os policiais também localizaram mais de 900 munições e sete armas de fogo, entre elas espingardas e rifles. “A gente deslocou de madrugada. Pegamos o pessoal ainda iniciando os trabalhos e fizemos as buscas na residência de cada um, onde encontramos esse arsenal”, disse o sargento da Polícia Ambiental José Roberto dos Santos Brandão.

A polícia encaminhou os suspeitos à Delegacia de Caçu, cidade localizada a cerca de 35 km de Itarumã. De acordo com os militares, como a cobra estava viva e foi devolvida ao meio ambiente, os criminosos não devem ser responsabilizados pela captura da sucuri.

Brandão afirmou que o trio não deve ser solto nem com pagamento de fiança, já que cometeram quatro crimes diferentes. “Por matar animal ameaçado de extinção, por posse ilegal de arma de fogo e por porte de arma de uso restrito, no caso o carregador de munições, e também por associação ao crime”, informou.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top