Related »

Portal Globo.com – G1 – Tribunal do Quênia impõe pena recorde a traficante chinês de marfim

on janeiro 28 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Acusado terá que pagar mais de US$ 230 mil ou ficar preso por 7 anos.
Sentença foi divulgada nesta terça-feira durante julgamento em Nairóbi.

Da France Presse

O chinês Tang Yong Jian (ao centro) é visto durante o julgamento realizado em Nairóbi, no Quênia, nesta segunda-feira (27) (Fot Tony Karumba/AFP)
O chinês Tang Yong Jian (ao centro) é visto durante o julgamento realizado em Nairóbi, no Quênia, na segunda-feira (27).
Foto: Tony Karumba/AFP

Um chinês que foi detido em posse de marfim no aeroporto de Nairóbi foi condenado nesta terça-feira (28) por um tribunal do Quênia a pagar uma multa recorde de US$ 233.000 ou a sete anos de prisão, caso não tenha condições de pagar a quantia.

A condenação, a maior para este tipo de caso no Quênia, é a primeira imposta dentro de uma nova lei de proteção da fauna promulgada em dezembro e que endurece consideravelmente as sanções para caçadores furtivos e traficantes.

Até então as sanções eram consideradas extremamente clementes ante as quantidades de marfim obtidas com o tráfico e o alcance do massacre dos grandes mamíferos na África.

Tang Yong Jian, de 40 anos, havia sido detido em meados de janeiro com 3,4 quilos de marfim bruto em uma maleta no aeroporto internacional de Nairóbi, onde fazia uma escala em um voo entre Moçambique e China.
Na segunda-feira (27) ele se declarou culpado de posse ilegal e de tráfico de marfim.  Agora tem 14 dias para recorrer da decisão.
Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top