Related »

Primeira vítima de epidemia de ebola pode ter sido infectada por morcego

on dezembro 31 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Garoto de dois anos da Guiné pode ter tido contato com morcego infectado.
Árvore oca de vilarejo pode ter abrigado vários morcegos com ebola.

Portal Globo.com – G1 – 31/12/2014
Da Associated Press

 

O pequeno Emile, primeiro paciente da epidemia de ebola, quando era recém-nascido, no colo do pai. Foto: AP Photo/Unicef/Beukes

O pequeno Emile, primeiro paciente da epidemia de
ebola, quando era recém-nascido, no colo do pai.
Foto: AP Photo/Unicef/Beukes

 

Crianças da aldeia costumava brincar ao redor desta árvore. Foto: Fabian Leendertz, Embo Molecular Medicine

Crianças da aldeia costumavam brincar ao redor desta árvore.
Foto: Fabian Leendertz, Embo Molecular Medicine

 

Morcego capturado para ser testado para Ebola. Foto: Philippe Psatla - Science Photo Library

Morcego capturado para ser testado para Ebola.
Foto: Philippe Psatla – Science Photo Library

 

Uma equipe de pesquisadores acredita ter identificado como começou a epidemia de ebola na África Ocidental: com um garotinho brincando perto de uma árvore oca que abrigava vários morcegos infectados.

Os cientistas exploraram uma área do sudeste da Guiné onde o garoto Emile Ouamouno, de dois anos, adoeceu e morreu há um ano. Autoridades acreditam que ele foi o primeiro caso desta epidemia, que infectou mais de 20 mil pessoas.

O vírus ebola não foi encontrado nos morcegos testados pelos pesquisadores, por isso eles não conseguiram provar efetivamente que eles deram origem à epidemia. Mas a equipe acredita que o garoto foi infectado por um dos morcegos que vivia na árvore oca.

“Como cientista, posso dizer que esse é um cenário possível”, disse um dos autores do estudo, Fabian Leendertz, do Instituto Robert Koch, em Berlim.

O especialista em doenças infecciosas da Universidade de Columbia Stephen Morse, que não participou do estudo, considerou as conclusões instigantes. Par ele, a pesquisa ampliou o pensamento sobre o que provocou a epidemia.

Muitos especialistas suspeitavam que algumas espécies de morcego poderiam ser os responsáveis pelo início da epidemia. Mas outros se perguntavam se outros animais como chimpanzés ou pequenos antílopes, não poderiam ter sido infectados por morcegos e, em seguida, comidos por humanos, transmitindo dessa forma a doença.

Os pesquisadores não encontraram sinais de que o ebola tenha afetado os animais maiores no vilarejo do garoto. Mas descobriram que uma colônia de pequenos morcegos de caudas longas viviam em uma árvore oca perto da casa do garoto.

Moradores disseram aos cientistas que a árvore pegou fogo em março, provocando uma “chuva de morcegos”. Os animais foram mortos ou foram embora antes da chegada dos pesquisadores, em abril.

A quipe testou 169 morcegos na região. Nenhum testou positivo para ebola, mas isso não refuta a hipótese porque, segundo os cientistas, apenas uma minoria dos morcegos deve carregar o vírus.

O estudo foi publicado nesta terça-feira na revista científicia “EMBO Molecular Medicine”.

CLIQUE AQUI para notícia original.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top