Related »

Puma de 30 kg é capturado em árvore de casa no Lago Sul, em Brasília

on setembro 20 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Operação envolveu PMs, veterinários, biólogos e funcionários do zoológico.
Dono de produtora acionou resgate após encontrar o felino no quintal.

19/09/2016 – 21h17
Do G1 – DF

 

Puma resgatado de árvore em casa no Lago Sul, em Brasília. Foto: Marco Holanda/Arquivo pessoal

Puma resgatado de árvore em casa no Lago Sul, em Brasília.
Foto: Marco Holanda/Arquivo pessoal

 

Puma resgatado de árvore em casa no Lago Sul, em Brasília. Foto: Marco Holanda/Arquivo pessoal

Puma resgatado de árvore em casa no Lago Sul, em Brasília.
Foto: Marco Holanda/Arquivo pessoal

 

Puma resgatado de árvore em casa no Lago Sul, em Brasília. Foto: Marco Holanda/Arquivo pessoal

Puma resgatado de árvore em casa no Lago Sul, em Brasília.
Foto: Marco Holanda/Arquivo pessoal

 

Polícia Militar do DF e agentes do zoológico de Brasília apreenderam puma na tarde desta segunda-feira (19), no Lago Sul. Foto: Polícia Militar do DF/Divulgação

Polícia Militar do DF e agentes do zoológico de Brasília apreenderam puma na tarde desta segunda-feira (19), no Lago Sul.
Foto: Polícia Militar do DF/Divulgação

 

Um puma concolor, também chamado de onça-parda, foi capturado nesta segunda-feira (19) em uma casa no Lago Sul, área nobre de Brasília.

O animal estava em cima de uma árvore, dentro de um imóvel onde funciona uma produtora de vídeos. O felino foi apreendido em uma operação que envolveu policiais militares, veterinários, biólogos e tratadores do Zoológico de Brasília.

De acordo com a Polícia Militar, o puma estava nos galhos de uma árvore de 12 metros de altura. O dono da produtora acionou socorro por volta das 11h e uma equipe foi montada para realizar a captura.

Em razão do grande porte, os militares usaram um dardo com tranquilizante para acalmar o felino. Ao todo, a operação de resgate levou cerca de cinco horas.

Segundo a PM, o animal é macho, saudável e pesa aproximadamente 30 quilos. Após o resgate, o puma foi levada de volta ao Jardim Botânico, onde foi solto na natureza. A PM especula que o felino estivesse fugindo de queimadas e, por isso, chegou à área residencial.

Mais animais

Em janeiro, uma “armadilha fotográfica” acoplada a um sensor de movimento registrou pumas, também conhecidos como onças-pardas ou suçuaranas, no Parque Nacional de Brasília. O felino, que tem hábitos noturnos e é considerado solitário, aparece bem próximo à câmera em imagem feita à luz do dia.

No mês seguinte, a espécie voltou a aparecer em frente às lentes do Parque Nacional. Desta vez, havia uma felina adulta e um filhote. O Parque Nacional diz haver poucos riscos de o felino avançar em áreas urbanas, pois o Água Mineral se interliga com duas outras áreas de proteção ambiental, que se estendem para Goiás. No parque há presas comuns dos pumas, como queixadas, antas e tamanduás-bandeira.

“Ao terem encontros com humanos, as onças fogem imediatamente”, explica a instituição, que diz não haver risco para os frequentadores. “Nunca houve registro de ataque de onça a humanos no Parque Nacional de Brasília. Em todas as experiências de avistamento elas fugiram, estão no cerrado com facilidade de fuga e abundância de alimentos naturais.”

 

ASSISTA  ao vídeo.

CLIQUE AQUI para notícia original.

 

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top