Related »

Rinoceronte-branco-do-norte está à beira da extinção

on outubro 20 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

O rinoceronte-branco-do-norte se tornou uma espécie ainda mais suscetível à extinção com a morte, na última sexta-feira, de um dos dois últimos machos reprodutores da espécie, informou o jornal The Independent.

19/10/2014 – 10h56
Portal Terra

Com a morte de Suni, no Quênia, restam apenas seis animais da espécie na Terra Foto: The Independent / Reprodução

Com a morte de Suni, no Quênia, restam apenas seis animais da espécie na Terra
Foto: The Independent / Reprodução

Suni, de 34 anos, foi encontrado morto por funcionários do Ol Pejeta Conservancy, uma organização não-governamental situada no Quênia, deixando apenas seis membros de sua espécie na Terra. “A espécie está agora em vias de extinção completa, graças à ganância da raça humana”, advertiu o Conservancy em um comunicado.

Suni foi o primeiro rinoceronte-branco-do-norte a nascer em cativeiro. Ele nasceu no Zoológico Dvur Kralove, na República Tcheca, em 1980, mas foi transferido para o Quênia, em dezembro de 2009, em uma tentativa dos especialistas de salvar a espécie da extinção. Além dele, outros quatro rinocerontes-brancos-do-norte foram transferidos da natureza para o zoológico, local, onde os animais poderiam se reproduzir mais facilmente.

Embora existam milhares de rinocerontes-brancos-do-sul ainda vagando pelas planícies da África subsariana, décadas de caça desenfreada reduziram drasticamente os números de rinocerontes- brancos-do-norte.

Caçadores lucram com a venda do marfim, que na Ásia, vale muito mais que ouro ou platina.

CLIQUE AQUI para notícia original.

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top