Related »

Tartaruga morta é abandonada em frente a restaurante em Vitória, ES

on agosto 14 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

Animal estava morto, chamou atenção de clientes e homem foi embora.
Polícia Ambiental diz que comer o bicho e usar casco como enfeite é crime.

14/08/2016 17h27 – Atualizado às 18h56
Rodrigo Rezende, do G1 – ES

 

Tartaruga é abandonada em Jardim da Penha. Foto: Oliveira Alves/ TV Gazeta

Tartaruga é abandonada em Jardim da Penha.
Foto: Oliveira Alves/ TV Gazeta

 

Tartaruga morta foi abandonada em frente a restaurante. Foto: Oliveira Alves/ TV Gazeta

Tartaruga morta foi abandonada em frente a restaurante.
Foto: Oliveira Alves/ TV Gazeta

 

Uma tartaruga-marinha da espécie ‘verde juvenil’ foi abandonada morta, em frente a um restaurante, próximo à Praia de Camburi, em Vitória, na tarde deste domingo (14).

O animal foi deixado na calçada da Avenida Anísio Fernandes Coelho, em Jardim da Penha.

O garçom André Maia, de 41 anos, disse que um homem passou pela rua carregando o animal e chamou atenção das pessoas que almoçavam no restaurante. Constrangido, ele abandonou a tartaruga na rua e foi embora.

Os clientes do restaurante chamaram a polícia e, no final da tarde, o bicho, que estava em estado de decomposição, foi recolhido por uma equipe do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (Ipram) e levado para a necrópsia.

O tenente Scardini, da Polícia Militar Ambiental disse que se alguém encontrar animais marinhos mortos ou vivos na natureza, deve ligar para Ipram, pelo número 0800 039 5005.

O militar alerta que se a pessoa encontrar o animal e levar para casa para comer ou para pegar o casco e usar como decoração, ela está cometendo um crime ambiental e pode ser punida. A pena vai de seis meses a um ano de prisão e multa, que varia de acordo com a gravidade do crime e com a renda do infrator.

“Muitas vezes, as pessoas pegam tartarugas mortas e levam para casa para retirar o casco e envernizar. Isso é crime ambiental. O certo é enterrar na areia da praia ou ligar para o Ipram para uma equipe recolher”, disse o tenente.

A espécie da tartaruga é a mais comum na costa do Espírito Santo e, segundo biólogos, deve ter se afogado em alguma rede de pesca.

 

CLIQUE AQUI  para notícia original.

 

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top