Related »

TV Gazeta – Workshop debate comércio ilegal de animais silvestres

on novembro 9 | em FIQUE POR DENTRO, Renctas na Mídia | by | with No Comments

Quase 40 milhões de animais silvestres são comercializados ilegalmente por ano no Brasil. Isso torna o tráfico de animais a 3º maior atividade ilegal do mundo. Perde apenas para o tráfico de armas e o tráfico de drogas.

Nesta quarta-feira o Bom Dia ES entrevistou o ambientalista Dener Giovanin, vencedor do prêmio Unep-Sasakawa, considerada a mais prestigiada distinção ambiental do mundo. No Brasil, apenas Chico Mendes já havia recebido a premiação.

Dener Giovanin disse que o comércio de animais silvestres é praticado para vários fins, como abastecer Pet-Shops e para a comercialização de partes do animal (penas, peles). O ambientalista disse também que a grande preocupação é barrar o tráfico através da concientização da população, mas acabam esbarrando numa fiscalização ambiental deficiente.

O tráfico de animais silvestres no Brasil é responsável pelo desaparecimento de aproximadamente 38 milhões de espécimes por ano, movimentando cerca de US$ 2 bilhões por período. Para discutir o problema, acontece na quarta (9) e quinta-feira (10) o Workshop Nacional de animais silvestres.

O evento tem com objetivo qualificar profissionais da área ambiental, policiais, agentes de fiscalização, estudantes e dirigentes de ONGs para combater o comércio ilegal de animais silvestres.

O workshop está sendo organizado pela Rede Nacional de Combate ao tráfico de animais silvestres (Renctas), Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e outras instituições. O seminário acontece em Vitória, no Hotel Aruan, a partir das 9 h e as inscrições são gratuitas.

Programação

dia 9 (quarta-feira)

8h30: credenciamento
9 horas: solenidade de abertura
9h30: palestra: A atuação da Renctas no combate ao tráfico de animais silvestres (palestrante: Dener Giovanini – Coordenador geral do Renctas)
10h30: debates
11 horas: palestra: Ações do Ibama no combate ao tráfico de animais (palestrante: Jacques Passamani – Chefe de controle e fiscalização do Ibama)
12 horas: debate
12h30: almoço
14 horas: mesa redonda: ações das Polícias Ambiental, Civil, Federal e Rodoviária na repressão aos crimes contra a fauna silvestre (palestrantes: Capitão da PM Francisco Gomes – Polícia Ambiental; delegado José Luis Pimentel Pazeto – Polícia Civil; Agente Samuel José Pereira C. Macdowell – Polícia Federal; Roger Gouvêa Vasconcelos – Chefe de policiamento da Polícia Rodoviária)
15h15: debates
16 horas: intervalo
16h15: palestra: a parceria entre a Viação Itapemirim e a Renctas no combate ao tráfico de animais silvestres (palestrante: Andréa Cola – Diretora comercial da Viação Itapemirim)
16h45: debate
17h15: encerramento

dia 10 (quinta-feira)

9 horas: mesa redonda: Centros de manejo e reintrodução de animais silvestres (palestrantes: Ângelo Maria Branco – Coordenadora Projetos Renctas; Sandra Giselda Paccognella – Responsável técnica Cereas; Jacques Passamani – Chefe da divisão e controle de fiscalização do Ibama/ES; Jussiara Ellise Pelles – Coordenadora Geral de Fauna do Ibama-DF).
11h15: debates
12 horas: almoço
13h30: palestra: o papel do Ministério Público Federal na conservação da fauna silvestre (palestrante: Alexandre Camanho de Assis – Procurador do Ministério Público Federal)
14h30: debates
15 horas: palestra: Plano integrado de fiscalização da Mata Atlântica no Estado do Espírito Santo (palestrante: Felipe Mello – projeto Corredores Ecológicos – Iema/MMA)
15h30: debate
15h45: intervalo
16 horas: palestra: A imprensa e o tráfico de animais silvestres (palestrante: Daise Diuana – Fundação Roberto Marinho)
17 horas: debate
17h30: encerramento e entrega de certificados

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top