Related »

Udesc lança pedra fundamental de unidade que fará atendimento de fauna marinha em Laguna

on abril 1 | em Fauna na Mídia, FIQUE POR DENTRO | by | with No Comments

1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nesta quinta-feira, 31, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) lançou a pedra fundamental da primeira unidade de estabilização de fauna marinha do Sul Catarinense, que será erguida em Laguna e gerida pelo Centro de Educação Superior da Região Sul (Ceres).

Com área em torno de 600 metros quadrados, o prédio será construído em um terreno de 30 mil metros quadrados que foi doado pela Prefeitura de Laguna à Udesc em 2013 e fica ao lado do Restaurante-Escola, na Praia do Gi.

O evento foi prestigiado pelo reitor da Udesc, Antonio Heronaldo de Sousa; pelo reitor e pelo vice-reitor eleitos, Marcus Tomasi e Leandro Zvirtes; pelo diretor-geral da Udesc Laguna, Carlos André da Veiga Rosa; e pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação do centro, Pedro Castilho.

“Essa obra representa o crescimento do Ceres e da Udesc como um todo. Recentemente, a Udesc ergueu o maior prédio público de Laguna”, ressaltou Sousa, ao se referir ao Bloco 2 do centro de ensino da universidade no município.

Também estiveram presentes o reitor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Mário Cesar dos Santos, o prefeito de Laguna, Everaldo dos Santos, e vereadores.

Resgate de várias espécies

A unidade de estabilização da Udesc Laguna, que integrará o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, da Petrobras, será uma espécie de um pronto-atendimento aos animais marinhos resgatados nas praias da região.

Para realizar essas atividades, contará com salas para educação ambiental, estabilização de aves, répteis e mamíferos marinhos e necropsia; laboratórios de pesquisa; escritórios administrativos; alojamento; e sistema de tratamento e de coleta de água da chuva.

O coordenador da unidade na Udesc Laguna, Pedro Castilho, diz que as soluções sustentáveis e econômicas do prédio seguem resolução do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O projeto arquitetônico foi planejado pelo escritório-modelo Módulo, do curso de Arquitetura e Urbanismo da Udesc Laguna.

“Como está prevista uma estrutura pré-moldada, de rápida implantação, a previsão é de que o local comece a funcionar no segundo semestre deste ano. Ele será incorporado para atividades de todos os cursos da Udesc Laguna: Engenharia de Pesca, Ciências Biológicas e Arquitetura e Urbanismo. Além disso, terá atividades de educação ambiental para a comunidade”, destaca.

Condicionante ambiental

O projeto de monitoramento atende uma condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades de produção e escoamento de petróleo e gás natural da Petrobras no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos.

O Ibama conduzirá a avaliação dos possíveis impactos dessas atividades sobre aves, tartarugas e mamíferos marinhos por meio do monitoramento das praias entre RJ e SC, com 2,1 mil quilômetros de extensão, e do atendimento aos animais resgatados.

Como a Univali é a instituição que coordenará o projeto em todos os estados nesse trecho, a Udesc firmou parceria para ficar responsável por um percurso de quase 55 quilômetros entre Laguna e Imbituba, da Praia do Mar Grosso até à Praia do Luz.

Além disso, a unidade de estabilização da Udesc Laguna receberá animais encaminhados pela unidade de apoio coordenada pelo Projeto Baleia Franca.

Recursos externos

A universidade estadual terá recursos de R$ 718 mil da Petrobras para erguer o prédio e também receberá verbas posteriormente para fazer a manutenção da estrutura.

Por ser a coordenadora do projeto de monitoramento, a Univali contratará a empresa responsável pela obra na modalidade de tomada de preços, assinará o contrato e fiscalizará o andamento da construção – essa etapa contará com a participação da Udesc Laguna.

Estação marinha

No terreno doado pela prefeitura, a Udesc prevê a construção de outras estruturas no futuro, como salas de aula, laboratórios, galpões para veículos náuticos, tanques experimentais e museu.

O coordenador da unidade de estabilização da Udesc Laguna, Pedro Castilho, afirma, porém, que ainda não há previsão para essas obras.

Assessoria de Comunicação da Udesc*
Jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
E-mail: rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefone: (48) 3664-8010

Fonte: http://www.sc.gov.br/mais-sobre-educacao/udesc-lanca-pedra-fundamental-de-unidade-que-fara-atendimento-de-fauna-marinha-em-laguna

Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

FACEBOOK

APOIADORES

Avina

CRT

Itapemirim

Juniclair

Wise
Scroll to top