Portal Globo.com – G1 – Polícia Ambiental apreende 39 aves silvestres em casa de Maringá, PR

Aves estavam presas em gaiolas, no quintal do suspeito, que foi preso.
Apesar do crime, os pássaros estavam em bom estado, diz a polícia.

Do G1 PR, em Maringá

Pássaros estavam sem identificação do Ibama para criação em cativeiro (Fot RPC TV Maringá/Reprodução)

Pássaros não tinham identificação do Ibama para criação em cativeiro.
Foto: RPC TV/Reprodução

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 39 pássaros silvestres em Maringá, no norte do Paraná, nesta sexta-feira (10). Os animais estavam na casa de um homem de 37 anos, no bairro Parque das Palmeiras, na zona norte do município. Ele foi preso, encaminhado à Delegacia de Polícia Federal de Maringá e liberado, pouco depois.

As aves foram encontradas presas em pequenas gaiolas, nos fundos do quintal do suspeito. A maioria delas estava sem anilhas – anéis colocados nos pés de pássaros recém-nascidos habilitados para ser criados em cativeiro. Segundo a polícia, a falta do “selo” indica que os pássaros foram retirados já adultos do habitat natural deles, já que não têm a identificação.

Apesar do crime, os pássaros eram bem cuidados, ainda de acordo com a Polícia Ambiental.

Entre as espécies apreendidas estavam sabiás, tico-ticos, bico-de-pimenta, trinca-ferros, e coleirinha-papa-capim.

Deixe uma resposta